Mundo

Asteroide do tamanho do Maracanã mais perto da terra e NASA efetua “alerta de perigo”

Asteroide do tamanho do Maracanã mais perto da terra diz a NASA

O asteroide 2008 OS7, aproximadamente do tamanho do estádio Maracanã, está atualmente em rota de aproximação da Terra, sendo classificado pela NASA como “potencialmente perigoso”. Com cerca de 271 metros de diâmetro, ligeiramente menor que o estádio que possui 300 metros de diâmetro, o objeto espacial está programado para passar pelo nosso planeta a uma distância de 2,8 milhões de quilômetros às 11h41 desta sexta-feira, 2.

Embora seja considerado “potencialmente perigoso” pela NASA, os pesquisadores asseguram que não há risco de colisão com a Terra. O Dr. Minjae Kim, investigador do Departamento de Física da Universidade de Warwick, explicou que “não precisamos nos preocupar muito com isso, pois este asteroide não entrará na atmosfera da Terra, embora ainda se aproxime dela”.

A classificação de asteroides como “potencialmente perigosos” pela NASA ocorre quando possuem um diâmetro superior a 140 metros e se aproximam a uma distância mínima de 7,5 milhões de quilômetros da órbita da Terra ao redor do Sol. Essa categorização é uma medida de precaução para monitorar objetos espaciais que podem representar um risco potencial de colisão com o planeta.

Apesar de ser classificado como “potencialmente perigoso” de acordo com esses critérios, a agência espacial norte-americana afirma que não há ameaça de impacto com a Terra durante a passagem do asteroide 2008 OS7. O pesquisador também observa que, devido ao tamanho, esses objetos são geralmente difíceis de serem detectados pelas técnicas e pesquisas atuais, tornando-os quase invisíveis a olho nu.

O asteroide 2008 OS7 completa uma órbita ao redor do Sol a cada 962 dias, aproximadamente 2,63 anos na Terra. Existem milhões de asteroides em nosso sistema solar, e cerca de 2.350 deles foram classificados como “potencialmente perigosos”. O próximo grande evento será a abordagem do asteroide 99942 Apophis em 14 de abril de 2029.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo