Mundo

Grande Rio 2024: Adriana Bombom rebate etarismo na Avenida

Grande Rio 2024

Com o enredo “Nosso destino é ser onça”, a Grande Rio promete um desfile imponente e cheio de vigor no primeiro dia de apresentações do grupo especial. E para representar essa força, a musa da escola, Adriana Bombom, surge como uma verdadeira fera, revisitando momentos de sua vida em que precisou se transformar em uma onça com garras afiadas.

Adriana compartilha que sua trajetória foi marcada por desafios e obstáculos, especialmente por ser uma mulher negra e de origem humilde. Para ela, o símbolo da onça reflete sua jornada, pois em diversos momentos precisou mostrar sua garra e determinação para enfrentar as adversidades e perseguir seus sonhos.

A musa do Grande Rio expõe opinião

“Eu sempre tive uma vida de lutas. Não foi fácil ter uma infância e adolescência sendo uma menina negra e pobre. Por isso, acho que o símbolo da onça tem muito a ver comigo, pois não houve apenas um momento na vida que tive que ser uma fera, mas sim muitos. Ser uma fera não significa necessariamente ser agressiva, mas ter garras para buscar o que for preciso para sobreviver e para alcançar nossos sonhos”, declara a dançarina.

Aos 50 anos de idade, Adriana não se deixa abalar por mensagens etaristas e encara sua participação no desfile como uma celebração da maturidade e da plenitude física e emocional. Após um período afastada dos desfiles, ela retornou há quatro anos como musa da Grande Rio, e desde então tem recebido cada vez mais apoio do público para brilhar na Sapucaí.

“Passei um bom tempo sem desfilar e há quatro anos fui convidada a ser musa pela Grande Rio. Agora, completei 50 anos e acho que atualmente estou num dos melhores momentos de minha forma física e também na maturidade psicológica e afetiva, e percebo que tenho recebido cada vez mais incentivo do público para estar na passarela do samba”, afirma.

Para estar deslumbrante no desfile, Adriana investiu em procedimentos estéticos e intensificou sua rotina de exercícios e alimentação. Além dos treinos regulares de musculação e aeróbico, ela também dedicou-se a aulas de samba para aprimorar sua técnica. Sua dieta foi composta por alimentos ricos em proteínas, vegetais frescos e frutas, com pouca ingestão de carboidratos.

“Amado, eu já tenho o hábito de malhar regularmente, mas quando chega a época do Carnaval, a cada ano eu venho intensificando mais meus treinos. Nesse ano além de malhar muita musculação e aeróbico eu também fiz aulas de samba, para aprimorar e atualizar a técnica e foi muito bom. Na alimentação, como muitas proteínas, vegetais frescos, frutas e pouco carboidrato”, revela a musa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo