Notícias

Ácido sulfônico caí em rio e deixa Joinville em situação de emergência; Saiba o que é os danos

Ácido sulfônico caí em rio e deixa Joinville em situação de emergência; Veja aqui

Na manhã desta segunda-feira (29), um acidente no KM14 da rodovia SC-418 provocou uma situação de emergência em Joinville, Santa Catarina, quando um caminhão carregado com ácido sulfônico, uma substância altamente perigosa, tombou, pegou fogo e contaminou o Rio Cubatão, localizado na Serra Dona Francisca. O motorista, de 59 anos, foi resgatado com ferimentos leves.

Devido à natureza perigosa da carga, que se espalhou rapidamente pelo rio, a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Rio Cubatão foi fechada às 10h, afetando diretamente 34 bairros da cidade. O abastecimento de água ficou comprometido, e a normalização pode levar horas ou até dias.

O caminhão transportava uma grande quantidade de ácido sulfônico, tornando incerto o impacto total da contaminação no rio. Serão necessárias análises químicas em amostras coletadas em diferentes pontos do rio para determinar se a água é segura para o consumo humano, o que pode levar algum tempo.

A prefeitura decretou situação de emergência após alerta da Companhia Águas de Joinville sobre a possibilidade de interrupção no abastecimento de água. Líderes políticos da cidade se reuniram em um Gabinete de Crise para avaliar a gravidade da situação. O prefeito sobrevoou o local do acidente e observou a rápida propagação da substância química nas águas do rio, formando uma espuma branca.

A previsão meteorológica indica pouca chuva para a semana, o que pode agravar a situação, já que a captação de água pluvial torna-se menos eficiente. A falta de chuvas intensas, no entanto, reduz o risco de deslizamentos de terra e novos acidentes na região. A situação será normalizada após testes que garantam a segurança do consumo humano, mas a diluição da substância química pode ser mais lenta devido à escassez de chuvas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo