Notícias

Alerta laranja tempestade: chuvas intensas Rondônia e mais 5 estados

Alerta laranja tempestade em mais de 5 regiões

No último domingo (4), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja de tempestade para uma extensa área, abrangendo mais da metade de Rondônia e também os estados do Amazonas, parte de Mato Grosso, Pará, Goiás e Tocantins. Portanto, o alerta laranja sinaliza um grau de perigo significativo devido a chuvas intensas, com previsão de um volume entre 30 e 60 mm por hora, ou entre 50 e 100 mm por dia, durante a noite e início da manhã seguinte, segunda-feira (5).

Alerta laranja tempestade veja as regiões que serão afetadas

A área de alerta inclui diversas cidades em Rondônia, nas regiões norte, central e sul do estado. Entre as cidades afetadas estão Porto Velho, Ariquemes, Alto Paraíso, Cacoal, Ji-Paraná, Jaru, Guajará-Mirim, Ouro Preto do Oeste, Jaru e Vilhena. Já foram registradas chuvas intensas na capital, Porto Velho, durante a manhã e tarde do domingo, com o tempo permanecendo nublado e a temperatura máxima atingindo 26°C durante a tarde.

De acordo com as previsões do Inmet, ventos com velocidade de até 100 km/h são esperados nessas localidades, aumentando o risco de ocorrências como cortes no fornecimento de energia elétrica, quedas de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Diante desse cenário, o Inmet emite recomendações para a população. Entre elas, destaca-se a orientação para que as pessoas evitem se abrigar sob árvores durante rajadas de vento, devido ao perigo de descargas elétricas. Além disso, é aconselhável não estacionar veículos próximo a torres de transmissão e placas de propaganda. Em situações de descargas elétricas, a recomendação é desligar equipamentos elétricos e o quadro de energia.

O texto também aborda dicas de segurança em diferentes contextos, como em casa e no trânsito, oferecendo orientações específicas para lidar com chuvas intensas. Em casa, sugere-se procurar abrigo embaixo de mesas ou camas em caso de destelhamento causado por ventos intensos. Se a água da rua começar a invadir a casa, a orientação é sair do local e buscar refúgio em um ambiente seco. Também são fornecidas instruções sobre evitar permanecer próximo a canos, janelas e portas metálicas durante tempestades acompanhadas por raios, bem como a importância de não utilizar equipamentos elétricos conectados à tomada.

No trânsito, destaca-se a necessidade de manter a atenção nas condições do veículo, assegurando que freios e pneus estejam devidamente calibrados, e os faróis em pleno funcionamento. São fornecidas instruções para dirigir com cautela, manter uma distância segura do veículo à frente, evitar freadas abruptas e procurar um local seguro para estacionar em caso de chuva torrencial. Para motociclistas, são aconselhados abrigo em locais cobertos e o uso de equipamentos de proteção. Pedestres também recebem orientações sobre travessias seguras, utilizando faixas de pedestres ou semáforos.

Essas recomendações visam garantir a segurança da população durante eventos climáticos adversos, promovendo a conscientização sobre práticas seguras em diferentes contextos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo