Tecnologia

Mark Zuckerberg o dono do Facebook pede desculpas em tribunal, entenda tudo

Mark Zuckerberg o dono do Facebook, na quarta-feira (31), esteve em uma audiência no Senado dos Estados Unidos, o presidente-executivo da Meta, Mark Zuckerberg, emitiu um pedido de desculpas às famílias de crianças afetadas por conteúdos de exploração sexual infantil nas redes sociais, incluindo Facebook e Instagram.

Executivos de importantes plataformas digitais, como Linda Yaccarino (anteriormente no Twitter), Shou Zi Chew (TikTok), Evan Spiegel (Snap) e Jason Citron (Discord), também foram interrogados na audiência.

O comitê exibiu um vídeo onde menores falavam sobre suas experiências de bullying online. Senadores compartilharam histórias de jovens que tiraram a própria vida após serem extorquidos por compartilhar fotos com predadores sexuais.

Mark Zuckerberg o dono do Facebook pede desculpas em tribunal

Em certo momento, o senador republicano Josh Hawley perguntou se Zuckerberg demitiu alguém de sua empresa, citando estatísticas alarmantes sobre exposição a conteúdo inadequado no Instagram. Após uma troca intensa, Hawley criticou Zuckerberg, afirmando que “seu produto está matando pessoas”.

O senador também questionou se Zuckerberg indenizou as adolescentes que sofreram exposição indevida no Instagram, ao qual o CEO respondeu negativamente. Pressionado a se desculpar diretamente com as famílias afetadas, Zuckerberg levantou-se e dirigiu-se a elas, expressando pesar e comprometendo-se a continuar esforços para evitar que outros passem por situações semelhantes. Hawley continuou a criticar Zuckerberg, destacando a gravidade dos danos causados pelo produto da Meta.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo